Adultos Vip » Contos Eróticos » Sexo pela primeira vez: Transando com uma mulher virgem

Sexo pela primeira vez: Transando com uma mulher virgem

3 votes

Mulher virgem: hoje vamos falar sobre sexo pela  primeira vez. Antigamente, a virgindade era motivo de orgulho para muitas mulheres, hoje para boa parte ainda é motivo de vergonha não ter tido a primeira experiência sexual.

Com o passar do tempo essa questão tem se tornado cada vez menos um tabu para muitas pessoas, embora ainda existam aquelas resistentes a mudanças, que encaram o sexo como algo sujo ou puramente com função procriativa.

A verdade é que seja como for, esse é o assunto favorito nas rodas de conversa entre amigos.

Experiência sexual

Se você, seja homem ou mulher, mantém alguma relação com alguém que nunca teve uma experiência sexual, daremos dicas valiosas para fazer essa primeira vez ser bastante prazerosa para a sua parceira amorosa.

Isso fará com que seja algo inesquecível de tão bom, já que a queixa de muitas mulheres é de que sua primeira vez não foi boa, e é muito importante que seja.

Uma prova disso é uma pesquisa que foi feita por duas universidades americanas, a do Tennessee e a do Mississippi, que entrevistou cerca de 319 pessoas para saber como foi a primeira transa delas.

Segundo esse trabalho, eles chegaram a conclusão de que aqueles que tiveram uma boa primeira vez, são mais satisfeitos e desencanados com sua vida sexual, pouco propensos a problemas como impotência sexual e baixa autoestima. Por essa razão, é importante tratar essa tema com carinho e aprender como dar prazer para uma mulher virgem.

mulher virgem recatada

Fonte: bustle.com

A decisão de perder a virgindade

É importante que essa decisão parta da pessoa inexperiente. Muitas mulheres acabam sendo pressionadas pelo parceiro e acabam cedendo só para agradar.

Isso não é algo bacana de se fazer, a primeira vez deve ser uma experiência gostosa para os dois.

Recentemente, nos EUA, uma pesquisa mostrou que uma a cada 16 mulheres, foram pressionadas para ter sua primeira vez.

Não existe nada mais broxante do que sexo sem vontade, por isso saiba escutar sua parceira e compreender caso ela não esteja pronta, ou se estiver, procure saber como seria legal para ela, isso vai transformar o sexo em algo que ela vai querer novamente com você.

Não existe uma idade definida

Nenhuma mulher virgem deve se sentir culpada por ter passado da casa dos 20 sem perder a virgindade, porque as amigas perderam antes ou por qualquer outra razão.

Existem mulheres adultas virgens das mais variadas idades, isso não deve ser um tabu para nenhuma delas, a mulher só deve dar o próximo passo quando estiver segura de que é isso que quer, procure compreender.

Não esqueça da camisinha!

Ela é parte fundamental para a primeira vez. Embora muitos caras sejam relutantes em utilizar preservativos, ele é indispensável. Segundo dados da Unaids, semanalmente cerca de 6.200 jovens entre 15 e 24 anos, são contaminadas pelo vírus HIV.

Não se trata somente de prevenir a AIDS, são várias doenças sexualmente transmissíveis que podemos evitar com o uso dela, assim como uma gravidez indesejada.

Um pouco de senso de humor

Sabemos que a primeira vez é um momento tenso para a maioria das mulheres. Poucas são as mulheres virgens que conseguem ficar totalmente relaxadas na hora H. Bate aquele nervosismo inesperado, a suadeira, pernas tremendo, coração disparado e um medo absurdo de que não seja algo agradável.

Dessa forma, para deixar sua parceira mais à vontade, vale utilizar o seu bom humor para quebrar o gelo da situação. Sexo caliente estilo filme pornô é maravilhoso, mas dificilmente será assim na primeira vez dela, então deixá-la confortável e relaxada é essencial.

Controle suas expectativas

Como já citamos, é importante fazer disso um momento bom para a parceira. Se você já tem uma certa experiência sexual, ou é daqueles que acreditam que a realidade é igual aos filmes pornô, saiba que você pode se decepcionar.

Cada mulher é diferente e na primeira vez pode ser difícil que ela seja tão experiente e faça coisas que você deseja.

Conhecer o corpo é a chave do prazer

Ter uma boa relação com o próprio corpo é importante para alcançar o prazer. Como já vimos em outras matérias, uma mulher que tem o costume de se tocar, consegue atingir o orgasmo com mais facilidade do que aquelas que não possuem esse hábito.

Portanto, é sempre bom conversar com sua parceira a respeito disso, pois se ela não souber como gosta de ser tocada, ficará difícil para o parceiro conseguir satisfazer seus anseios na primeira experiência sexual. Se masturbar é a alma do negócio!

Mulher virgem: Nem sempre vai sangrar

Embora seja bastante comum ocorrer sangramento na primeira vez, é um mito acreditar que em todas as relações sexuais, quando o hímen for rompido, vai rolar um sangramento desenfreado daqueles que vemos em filmes.

Muitas, mas muitas mulheres virgem mesmo, não têm nenhum tipo de sangramento na primeira vez, isso depende muito da anatomia de cada uma.

Pode ser incômoda a primeira vez de uma mulher virgem

A primeira vez pode incomodar bastante, mas não é via de regra. Acreditar que a mulher só é virgem se a experiência for dolorosa, é um mito e uma forma de pensar bastante arcaica.

Embora muitas mulheres possam sentir uma certa ardência e dor ao serem penetradas, outras podem não sentir incômodo algum se estiverem bem lubrificadas, então vale a pena perguntar como está sendo pra ela e assim dosar ritmo.

Manter a calma é fundamental

Não adianta ter pressa de chegar lá e penetrar a parceira. É preciso ter calma e deixar ela preparada para o que virá. Se ela se sentir pressionada, vai bater o nervosismo e o sexo vai ser desastroso.

Quando a mulher virgem está tensa, os músculos vaginais acabam se contraindo, o que faz com que a penetração seja desconfortável, por isso, fazer as coisas no tempo certo é o melhor!

Sem bebida, por favor!

O consumo de álcool para muitos pode ser visto como um recurso interessante para fazer a mulher relaxar antes da primeira vez, mas não é nada recomendável.

O uso de bebidas pode reduzir o prazer dela ou fazer com que a garota tenha comportamentos que não seriam legais para a primeira vez. O gostoso é os dois sóbrios, conscientes e de acordo com o que estão fazendo.

Escolha um local adequado

Se já é difícil não ficar nervosa na primeira vez, o lugar pode tornar isso muito pior. Aventuras sexuais em locais inusitados, são uma delícia, mas tudo tem o seu tempo. Desse modo, para a primeira experiência escolha um lugar onde vocês possam ficar à vontade, sem ter que controlar a intensidade dos gemidos ou do barulho que a cama faz. A escolha do lugar ideal ajuda a aumentar o clima erótico entre o casal.

Deixe ela bem preparada

Sexo oral é algo que grande parte das mulheres adoram. Um cara que sabe chupar sua parceira, mostra que sabe muito sobre dar prazer. Antes de partir para uma penetração intensa, controle sua vontade e curta o corpo dela, beijando em todos os lugares, chupando, lambendo e sempre prestando atenção aos sinais que ele dá. Eles vão dizer se você está ou não no caminho certo.

Comece com posições mais comuns com uma mulher virgem

Não adianta tentar parecer o transudo que sabe tudo de todas as posições que só vemos em filmes eróticos. Portanto, para a primeira relação dela, pode ser legal o velho papai e mamãe, já que ajuda a deixar a garota mais à vontade e você vai poder controlar melhor a penetração. Posições mirabolantes e exóticas, podem deixar sua parceira tímida na hora H ou podem ser incômodas para ela.

Não force a barra com uma mulher virgem

Por todos os motivos que listamos anteriormente, se por alguma razão a transa não acontecer, não force a situação, deixe que ela fique confortável para decidir não prosseguir. Muitas vezes a penetração acaba sendo dolorosa, e é melhor que sua parceira desista, do que faça algo que será traumatizante pra ela.

Cuidado com os brinquedos eróticos

É sempre válido utilizar uns géis para massagem e outros produtos que aumentem a sensação de prazer feminino, mas cuidado com alguns brinquedos eróticos. Não é nada legal comprar um vibrador gigantesco ou um plug anal para alguém que não tem a mínima experiência no sexo. Por via das dúvidas, conversar é sempre a melhor solução.

  • Lembre-se que a experiência em qualquer coisa é adquirida através da prática, com o sexo não poderia ser diferente. Se as coisas não ocorreram da maneira prazerosa que ambos imaginaram. O melhor é tentar relaxar e procurar conversar sobre os pontos mais importantes para cada um. Portanto, isso com o tempo o ritmo de cada um vai se alinhando com o do outro e a experiência sexual vai se tornar cada dia mais prazerosa.
  • Não se preocupe, você tem uma vida de novas experiências pela frente.
Postagens Relacionadas

Comentário Fechado.