Adultos Vip » Porno » Pornô virtual X fazer sexo na vida real

Pornô virtual X fazer sexo na vida real

0 votes

Você já se perguntou se ver muito pornô virtual interfere no sexo na vida real? Pois caso ainda não tenha se questionado, eu te digo que é a hora de pensar nisso. Primeiro que nem precisamos entrar em muitos detalhes do assunto no sentido de explicar o que é o pornô e onde ele é encontrado. Porque hoje, na era digital, é algo presente quase que o tempo todo e de fácil acesso. O que muita gente não imagina, por exemplo, é que a onda de ler contos eróticos é bem maior do que se imagina, se quiser conhecer mais, separamos 6 motivos para ler Contos eróticos.

pornô virtual

Fonte: Twitter

Importante entender também mais uma coisa. Que as sensações trazidas pelo pornô virtual são diferentes para homens e mulheres. Porque sim, hoje, as mulheres também acessam muito. Porém, o prazer que elas possuem na no sexo na vida real é muito maior. Não é como o homem, que simplesmente toca punheta e pronto, resolvido.

O Google, por exemplo, conta com milhões de acessos diariamente com essa busca. E hoje, inclusive o sexo na vida real pode e costuma envolver o pornô também. Vejo muitos casais que em meio a suas práticas, assistem para inovar. Ou até leem contos eróticos, o que está bem em alta atualmente.

Principalmente no sentido de ser tudo gratuito agora: o chamado pornô grátis. Não é mais como antes que se tinha que pagar para ter acesso a determinados conteúdos. Tudo mudou. E para melhor. Porém, o vício ao pornô virtual, quando é o caso de ser apenas a ele, é o que complica um pouco e assusta as pessoas. Isso porque, o ideal é que se saiba separar as coisas. Ter o momento para as duas.

O que os jovens viciados no pornô virtual relatam?

A maioria diz que o pornô virtual, quando em excesso, pode é fazer muito mal. Inclusive, bem mais do que podemos imaginar.

sexo

Fonte: Twitter

Isso porque, o hábito do vício a essas páginas faz com que, toda essa questão afete a vida sexual delas. E a sua saúde de modo geral. Isso por conta do problema que passa a acontecer: a disfunção erétil. E não são apenas pessoas que tiveram experiências nesse sentido que dizem isso. Médicos já comprovaram a questão.

Um jovem dos Estados Unidos, agora com vinte e oito anos, afirmou que assistia aos pornôs desde os doze. E agora, acabou desenvolvendo justamente isso, uma disfunção erétil que tem o prejudicado no sexo real.

E sabe o que essa disfunção significa? Exatamente o que você está pensando. Que ele não conseguirá, por exemplo, transar com a sua namorada. E isso porque, o cérebro dele hoje, está condicionado de um jeito diferente, como se a prática não fosse suficiente, apenas o pornô virtual.

pornô virtual

Fonte: Twitter

Além de que, isso pode causar ainda outros problemas, como por exemplo, levar à depressão, uma vez que a pessoa acaba por se desesperar com o problema. Então, é importante que se entenda que, para tudo há um limite e você precisa saber o seu. Ou então, aprender a lidar com as consequências.

Caso você tenha gostado desse conteúdo, com certeza vai gostar desse outro também, que fala sobre as posições sexuais de preferência das mulheres.

Postagens Relacionadas

Comentário Fechado.