Adultos Vip » Porno » Ejaculação feminina: orgasmo squirting

Ejaculação feminina: orgasmo squirting

0 votes

Orgasmo você já sabe o que é, ejaculação, também. Mas se eu te perguntar o que é  “squirting”, você sabe me responder? Se a resposta foi não, continue lendo o artigo para descobrir o que é e como se dá e se sua resposta foi “sim”, continue lendo para ver alguns mitos e verdades sobre o assunto.

No sexo

Para os homens (no momento da transa) o orgasmo é dado a partir do ápice, ou seja, melhor momento do sexo. Normalmente o orgasmo vem com  a ejaculação, em forma de líquido esbranquiçado que é estimulado e expelido pelo pênis (no ápice). 

Isso não chega a ser novidade para ninguém. O mistério mesmo é em relação ao orgasmo feminino que, geralmente, não é ejaculado no momento da transa (como o do homem). É claro que, apesar disso ou mesmo com isso, não anula o fato de que a mulher também sente prazer e, de fato, aconteça o orgasmo. 

A única diferença entre o orgasmo do homem e da mulher, se dá ao fato de que a mulher tem sensações pelo corpo todo, mas o retrai e o homem ejacula. Porém, existem casos e casos e referente a esse assunto, existem outras formas diferentes de orgasmo para a mulher e ele se chama ” squirting”.

Você que achava que mulher não tinha orgasmo, vai ficar chocado quando ver uma mulher fazer um ” squirting”. Mas, sorte a sua se a encontrar, pois esse tipo de orgasmo não é comum e apenas 2% das mulheres o possuem.

Mas, a verdade é que você deve estar se perguntando o que é esse tal de ” squirting”… Pois bem, você irá descobrir agora, vem com a gente!

 

“Squirt o que?”

Bem, esse é um nome bem incomum para chamar de orgasmo e famoso seria se viesse com toda as mulheres, mas não é e por isso não é conhecido. Squirting, na verdade, vem do inglês (deu pra perceber) e significa “esguichar”. 

Squirting  ou esguichar (no orgasmo) é tradução literal do sentido da palavra, pois parece quase um xixi involuntário. Calma, porque ele não é exatamente e se fosse, para as mulheres, é um xixi muito gostoso de se fazer/sentir. 

Na verdade, uma pesquisa realizada confirma que esse é um líquido bastante fluído e que há uma presença de urina com secreção. O líquido (literalmente, pois não é nada denso), é expelido quando como no homem, a mulher chega no ápice do orgasmo na transa, ou, mesmo antes do orgasmo e, ainda, pode acontecer até mesmo sem chegar ao mesmo.

Fonte: 3movs

 

O que é necessário para que o “squirting” aconteça?

Como já citamos antes, nem toda mulher que tem uma vulva sentirá e terá o prazer que o squirting possibilita. O fenômeno não é comum, mas existe uma explicação lógica para ativar seu evento. Ele se chama: bexiga.  Mas que fique claro que, não é por ter uma que você terá o squirting.

É necessário que, primeiro, você seja uma sortuda entre os 2% de mulheres e que, em segundo, você seja bem estimulada com movimentos e formas específicas para ejacular.

As primeiras sensações do squirting é como uma vontade absurdamente doida em fazer xixi. Isso acontece por causa da glândula skene (orgasmo ou ponto G) que fica próxima à bexiga e a mesma acaba sendo cutucada e estimulada por tabela. Mas, essa vontade passa e o que fica e o que sai, é só o orgasmo junto com o líquido (que como já falamos antes, também vem com resquícios de urina e a secreção). 

Fonte: Pulzo

Sem mais demoras, acho que você já entendeu o que é o squirting e como ele se sucede. Agora você vai ver quais são os mitos sobre o squirting. Acompanhe!

Mito 1: é xixi

O  squirting é real, não está envolto apenas a pornografia. Muitas mulheres já se assustaram ao perceber o ocorrido e, na dúvida, fizeram a prova do cheiro e até do gosto (sim) e confirmaram não ser urina. 

 

Mito 2: toda mulher consegue fazer o  squirting

Mentira. Se porventura fosse “a maioria”, seria ok com um pé atrás, pois, é aceitável que algumas cheguem a passar por essa situação e outras não. Isso não tem nada a ver com fazer melhor, ser melhor e ser diferente, tem a ver com cada corpo e outre outras coisas. 

 

Mito 3: o squirting proporciona orgasmos mais intensos

Bem, a melhor coisa para se fazer em uma transa é aproveitar o momento. Seu orgasmo certamente dependerá de como vocês têm se envolvido e não se o orgasmo da mulher é seco ou molhado. Para que seja intenso ou não, depende de você e do seu (a) parceiro (a) e não do  squirting.

 

Mito 4: o squirting só acontece nos filmes porque está no script

Bem, isso não é real, né! Não precisava nem te dizer isso. Não preciso te dizer que as cenas podem ser boladas, mas o que fará o squirting acontecer ou não, tem a ver apenas com a intensidade do prazer e se está sendo bom ou não. Dá pra simular dentro da industria pornografia (isso não é nenhum segredo), mas quando você está relaxada e confiante, rola até o que está fora do script.

E aí, gostou de conhecer um pouco mais sobre o orgasmo feminino? Para ver outros conteúdos como esse, é só clicar aqui.

Postagens Relacionadas

Comentário Fechado.