Adultos Vip » Mulheres » Camgirl: A vida de uma garota da cam

Camgirl: A vida de uma garota da cam

2 votes

Ser camgirl pode ser muito vantajoso hoje em dia. Embora estejamos passando por uma pandemia, alguns nichos seguem firme e forte como é o caso delas.

Muita gente ainda torce o nariz para esse tipo de profissão por fazer uma associação com o trabalho das garotas de programa, no entanto, existe uma grande diferença entre essas duas profissionais.

camgirl

Fonte: Reprodução/camsdb.blogspot.com/

A função de camgirl tem despertado o interesse de várias jovens em todo o país. Para as que estão ensaiando um futuro trabalho na área, existem várias dúvidas, principalmente com relação aos ganhos e como é a vida de uma garota da cam.

Vale a pena ser camgirl no Brasil?

camgirl

Fonte: Reprodução/pornpics.com

Para responder essa pergunta é necessário analisar alguns fatores. Para ser uma camgirl não basta ser bonita, é fundamental ter carisma, ser desinibida e saber investir na própria imagem. No exterior é um trabalho muito mais valorizado e visto com menos tabu do que é aqui no Brasil, por isso, algumas mulheres têm que aprender a lidar com o preconceito que pode gerar.

Paciência é uma virtude importante, pois para conseguir alcançar ganhos consideráveis, a garota precisa se afiliar a uma boa plataforma, alcançar uma boa quantia de seguidores e saber que um mês pode ser extremamente bom em matéria de lucros e no seguinte a camgirl pode não lucrar nada.

Os ganhos de uma camgirl

Fonte: Reprodução/camsdb.blogspot.com

Falar em ganhos de uma camgirl é complicado, pois não existe um valor determinado. Os ganhos dessas garotas depende do quanto elas investem em si, o quanto são populares e a forma que trabalham. Existem novatas que conseguem faturar cerca de R$ 1000, por mês, enquanto veteranas que trabalham para grandes sites, conseguem alcançar até R$ 40,000 mensais.

A vida de quem se mostra na webcam

Com certeza, mostrar o corpo e usar a sensualidade na frente de uma câmera durante horas por dia não é uma tarefa muito fácil, mas muitas mulheres resolveram embarcar nessa não apenas por grana, mas sim, para levantar a autoestima. Nessa quarentena os números de acessos aos sites do gênero, aumentou cerca de 15%, mostrando que esse nicho se torna cada vez mais promissor.

Postagens Relacionadas

Comentário Fechado.