Adultos Vip » Fetiche » BDSM: introdução a respeito dele

BDSM: introdução a respeito dele

1 vote

Você já ouviu esse termo? BDSM? Caso a sua resposta seja não, é o momento de saber mais sobre ele. Ele tem essa denominação porque inclui: bondage, dominação, submissão e sadomasoquismo. Então, quero deixar claro desde já que, mesmo que a sua ideia não seja se interessar por esses termos, ou seja, eles não serem exatamente a sua praia, digamos assim, quero que preste atenção no que conversaremos.

sexo

Fonte: Twitter

Vale lembrar que o BDSM é como se fosse um universo paralelo do qual nem todo mundo faz parte. Até porque, infelizmente para muitas pessoas é visto até como tabu. O que ajudou um pouco a mudar essa realidade foram alguns filmes, como o cinquenta tons de cinza.

Parece estranho, não é mesmo? Um simples filme mudar por completo a visão das pessoas. Mas infelizmente, é isso que muitas vezes acontece. Elas não compreendem de outra forma.

Vale ressaltar que um dos pontos mais relevantes do BDSM é fazer diferente do que seria o convencional. E, não importa como, o importante é fazer. O que é mais interessante é que algumas vezes, quando vemos na televisão, por exemplo, fica muito clara a ideia de existir uma relação com dor. No caso do BDSM, a questão não é essa. O foco é o prazer, o desejo.  Mas, com certeza se existe alguma dúvida relacionada ao assunto ainda, ela será esclarecida agora.

O que significa bondage em meio ao BDSM?

Talvez esse seja o termo que você menos tenha ouvido falar ou saiba o significado. Pois saiba que o termo se refere a você conseguir imobilizar o corpo de alguém enquanto faz sexo com essa pessoa. Eu sei, nem todo mundo consegue ficar tranquilo preso, mas a ideia é essa. A utilização de cordas, correntes, panos, enfim, tornam a prática ainda mais intensa. Colocar algumas mordaças impedindo-a de falar aumenta ainda mais a ideia de desejo. Ou vendas, impedindo a visão dela.

sexo

Fonte: Twitter

Sim, essa prática se encaixa em mais um item, que é a dominação. Lembrando que a diferença do bondage para o sadomasoquismo é que a linha do bondage é não sentir dor. O prazer vem da ideia do domínio, não do se machucar. Inclusive, o respeito entre o casal é fundamental para tal prática, uma vez que se ele não acontecer, as coisas ficam difíceis.

Vale lembrar que é preciso ter alguns cuidados, relacionados à segurança, por exemplo. E que, caso um dos dois pedir para parar, o outro deve aceitar isso. Quanto à dominação e submissão, acredito que nem precisamos falar sobre. Apenas cuide para nunca machucar, caso essa não seja a intenção.

bdsm

Fonte: Twitter

Já o sadomasoquismo é a parte do BDSM que lida mais com a ideia da dor mesmo. Nada de vergonha e de não aceitar fazer algumas coisas. É a hora de sentir prazer, aproveitar. Esse é o segredo. E sabemos que, com dor. Tanto que, caso você queira ler só sobre o assunto, eu te indico esse conteúdo aqui de sadomasoquismo!

 

Postagens Relacionadas

Comentário Fechado.